sexta-feira, 18 de maio de 2012

Frases do Dia - Bancos & Prosperidade

The Theater in Chesnut Street Philadelphia, 1809
"We are well aware that some persons suppose much of the prosperity the country at present enjoys is owing to the banks; but we can find sufficient causes for the increase in national wealth in the combined operations of capital accumulated by the preceding generations with the exertions of an increased number of laborers in a country rich in natural resources, aided by improvements in the arts and discoveries in the sciences... Those who maintain that banks enrich a country are bound to prove that speculation creates wealth. Till they establish this paradox, we shall continue to believe in the old-fashioned doctrine that wealth owes its existence to industry and economy."

De um cartaz de 1829 criado por "working men and others opposed to the chartering of any more new banks" da Filadélfia. Citado no Grant's Interest Rate Observer desta semana, fonte de boa reflexão em tempos onde tudo parece ser justificável para salvar bancos.

10 comentários:

Anônimo disse...

quando vejo executivos de banco levando milhoes em bonus sempre me pergunto qual riqueza geraram?

Drunkeynesian disse...

A discussão não é simplista assim. Mas parece claro que a importância e a remuneração atribuídas a banqueiros vai muito além de qualquer utilidade social que eles possam ter.

Anônimo disse...

Pego dinheiro emprestado a 2 (minha carteira como garantia) e aplico pelo mesmo banco em bonds do BB a 9,25 em US$ (emissão Jan/2012) →Qual riqueza eu crio? Na minha opinião se cria vento.
A especulação é necessária como meio de financiamento de quem produz, mas com limites e controle. Derivativos de derivativos, bem, já vimos muitas bolhas se desfazerem desde o caso das tulipas.

Anônimo disse...

E o que dizer dos salários dos juízes, presidentes de empresas estatais, políticos e burocratas dos três poderes? Não passam de remunerações arbitrárias, sem qualquer fundamento econômico e sem nenhuma consideração de equidade.

Moska disse...

Qual riqueza um jogador de futebol gera?

Anônimo disse...

É por aí Moska, onde rola muita grana, as remunerações também são elevadas. Proporia a seguinte equação: salário=c+talento+esforço+relações+variável(resultados). Isto é, salário é igual a uma constante (dada por um salário de mercado básico)+talento(depende muito mais da opinião dos outros)+esforço(conta muito pouco para o salário, mas é imperioso parecer esforçado ficando 12 14 horas no local de trabalho)+ uma parcela variável que depende dos resultados da empresa e do time. No caso de empresas privadas, esta é a parte arbitrada. No setor público não tem nada disso, é tudo arbitário...

Anônimo disse...

jogador ganha bem porque existe a industria da midia junto. pode ateh haver exageros nos salarios mas existe uma riqueza sendo gerada.

Delfim Bisnetto disse...

"Pego dinheiro emprestado a 2 (minha carteira como garantia) e aplico pelo mesmo banco em bonds do BB a 9,25 em US$ (emissão Jan/2012) →Qual riqueza eu crio?"

Ué, você pegou o dinheiro a 2 e levou até alguém disposto a pagar 9,25. Sua remuneração pode ser considerada mais ou menos justa, mas não hã dúvida de que existe uma atividade aí.

De todo modo, o receptor vai ter que gerar alguma "riqueza" pra te pagar os 9,25, ou ir atrás da "riqueza" de outro como você foi atrás da dele...

Jorge Browne disse...

Muuuuuito boa a frase. Na verdade, ela como um indicador bolhômetro: quando vendem a especulação como chave da prosperidade alguma coisa está bem errada...

Quanto a remuneração dos banqueiros o DK já postou o link
com a solução do Taleb. Impraticável mas achei ótima.

Davila disse...

A atividade de intermediação financeira é legitima e gera riqueza. O problema é q é uma área extremamente cinzenta entre intermediação e criação de moeda fracionária (+ o bailout implícito dos BC's)