quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Quente... quase queimando

Está na Folha de hoje: Jim Cramer, apresentador da CNBC conhecido por berrar na TV suas recomendações para o mercado de ações (algo como se o Marcio Canuto, aquele repórter histérico da Globo, começasse a opinar sobre o mercado), juntou-se ontem ao crescente fã-clube do Brasil no exterior. Suas previsões estão na legenda da foto ao lado. Cramer é famoso por, entre outras presepadas, recomendar a manutenção de investimentos na Bear Stearns no dia anterior ao banco quase quebrar e ser vendido para o JP Morgan (depois de suas ações caírem 92%). Quem compra ações de companhias brasileiras nos níveis atuais definitivamente não está em boa companhia...

2 comentários:

Danilo disse...

Vc pode clarificar: "Quem compra ações de companhias brasileiras nos níveis atuais definitivamente não está em boa companhia..."?

Os valores estao mto altos e por isso agora nao é a hora de comprar?

Drunkeynesian disse...

Exato... o que é bom a 40,000 passa a ser não tão bom a 62,000...