segunda-feira, 15 de abril de 2013

A inflação no Brasil vai cair

Duas das principais revistas semanais do país falam de inflação em suas matérias de capa das últimas edições (ambas usando a "criativa" alegoria do tomate). Cuidado, compradores de NTN-B.


O mercado já começou a precificar a queda na inflação - o gráfico abaixo é das inflações futuras precificadas por vários dos vencimentos de NTN-B (gráfico roubado da Tullett Prebon - clique para aumentar):


Como de costume, há uma diferença sensível entre as opiniões que não custam e as que custam. Sempre prefiro as da segunda categoria.

P.S. O Mansueto Almeida tem razão, isso é mais marcante que qualquer capa de revista. Só espero que ele esteja errado e não seja essa a influência decisiva em Brasília.

21 comentários:

Anônimo disse...

Estás com receio de que a bolsa brasileira despenque ainda mais? Não vejo porque ser diferente...

Drunkeynesian disse...

Sim, está com toda cara. Mas a 52k eu tentaria comprar de novo.

dinmor disse...

Vejo o mercado fazendo uma aposta pela leitura econômica. Entretanto, a leitura do governo é totalmente política e reduzir crédito ou seus investimentos está fora de cogitação. Assim, como vejo expansão monetária M1, M2 e M3, mesmo que compensadas por reduções setoriais de Impostos (em micro gerenciamento festivo), os choques ainda virão a cada esquina. Acho que nossa curva de phillips ainda vai fica bem bagunçada num futuro previsível. Se é para chutar, IPCA em 8 e PIB em 1,5. Meus 2 centavos...

disse...

Poderia explicar aquelas legendas do gráfico? BE2014, etc...

Drunkeynesian disse...

BE = breakeven, é a inflação que iguala o rendimento de um título indexado (NTN-B) a o de um título pré do mesmo vencimento. Ou, mais simples, é quanto o mercado precifica de inflação anual média de hoje até o vencimento dos papéis (2014, 2015, 2016, etc)

Jorge Browne disse...

DK, seguindo teu conselho, quais são as opiniões que custam no fofo arco-íris aí de cima?

Drunkeynesian disse...

Hahaha, em teoria todas as linhas do arco íris são formadas por opiniões que custam - gente que decide comprar ou vender NTN-Bs em função do preço.

Jorge Browne disse...

Ah bom. Valeu. Mas ainda penso em NTN-B como um porto seguro para quem quer manter os seus pilas.

Anônimo disse...

Por que isso poderia influenciar a bolsa?
Segundo esse gráfico, a previsão para inflação de 2014 é de 5,27?
Obrigado, a mídia brasileira não aprende nunca.

Drunkeynesian disse...

Acho que afeta relativamente pouco a bolsa, pelo menos no curto prazo.
Acho que a pergunta foi meio off topic, mesmo.

Drunkeynesian disse...

Ah, e a previsão é para a média anualizada de hoje até ago/2014, quando vence o título.

Anônimo disse...

Entendi, muito bom Drunk, ja acertou algumas vezes, principalmente com o as notícias do Eike, espero que agora também. Pra mim, como economista, continuo achando essa questão da inflação um fraco argumento que a oposição está achando para atacar o Governo. Existem TANTAS outras formas mais consistentes e preocupantes, como o papel do BNDES, nossa estagnação econômica e nova vulnerabilidade externa. Oposição ou governo, a economia brasileira continua a não ser tratada a sério e nossos debates ainda são tão pobres quanto as nossas soluções. Enquanto a inflação, pra mim não é apenas um fenômeno monetário no Brasil, tendo muita participação da fraca oferta e da quantidade de bens importados e variação cambial. Não acho que o consumo explique quase tudo no aumento da inflação e aumentar o juros não é a melhor forma de combate. Até porque o ônus de 1% no aumento de juros, causa um endividamento e um sacrifício de até piores proporssões à nossa economia a um aumento momentâneo da inflação.

Anônimo disse...

Estou sendo tolo ou o mercado ainda cre bastante no BC?

Entendo que o speech recente foi forte (tombini, mantega, etc), mas onde andam os efeitos que tanto falam da credibilidade sobre a eficiencia da polmon?

Drunkeynesian disse...

Acho que o mercado é bastante agnóstico, mesmo se o BC não fizesse nada, a tendência era o choque de preço de alimentos se dissipar e a inflação cair... isso tem ficado mais claro.

Anônimo disse...

Escrevi no blog do Schartzman (desculpe se escrevi errado): os 2% de intervalo em torno da meta de 4,5% a.a. era para acomodar choques de oferta como do tomate e outros alimentos. O problema é que o Bacen deixou a inflação se acelerar e as expectativas se deterioraram. O Bacen perdeu credibilidade assim como a política econômica. Ademais, o investimento não dá a mínima mostra de retorno. Até quando os poupadores serão punidos no Brasil? Não veem que isto inibe ainda mais o investimento. Vou parar por aqui.

Osmar Camilo disse...

DK, uma esperada queda da inflação pode ser justificada pelo poder premonitório ao contrário das capas de revistas de grande circulação?

Pedro Araujo disse...

NTNB continua sendo bom ativo pra quem quer pouoar pra aposentadoria. Vah para algum gestor e pergunte se ele garante um retorno de 3% acima da inflaçao todo ano ateh 2030. Mesmo se ele disser que garante, qual o risco que ele vai tomar?

Agora o DK estah certo ao afirmar que quem esperou ateh agora vai ter um retorno bem abaixo do que teria se tivesse comprado ha 2 anos.

Eh a velha historia, Noé não esperou a chuva começar pra construir a arca.

Drunkeynesian disse...

Hahaha, Osmar, ou é isso ou falta às revistas insight / agilidade, e quando publicam o movimento já aconteceu. Mas seria divertido ler na ata do Copom algo do tipo: "como a alta do tomate e a inflação estavam na capa da Veja, esperamos um recuo nos índices de preços ao longo dos próximos meses".

Pedro, sim, continua sendo um bom ativo, o problema é que vem de uma sequência de ganhos longa, e 3% reais não necessariamente remunera bem o risco de investir no governo brasileiro.

Jorge Browne disse...

Pô Pedro! Noé não vale, o cara tinha o melhor consultor que se tem notícia...

Anônimo disse...

Caso mais interessante de alimentos ainda é o Libano, eu demorei para acreditar que alguns alimentos estavam caindo de preço, mas ocorreu
http://www.dailystar.com.lb/Business/Lebanon/2013/Apr-16/213866-cheap-syrian-produce-floods-lebanese-markets.ashx#axzz2QaEMMsFW
...se o Mantega sabe disso será que a nova desculpa vai ser reclamar que a culpa da inflação é não termos nenhum país vizinho em guerra civil?

Abraços

Anônimo disse...

Com a queda da curva pré de hoje, já embicaram p cima.

Era a chance da compra....