domingo, 15 de maio de 2011

Edição de domingo - Drunkeynesian Tablóide

E assim seu Dominique Strauss-Kahn, diretor do FMI e virtual favorito para suceder de Sarkozy na presidência francesa, ameaça enterrar sua carreira. O ser humano é um bicho complicado, mesmo.

Na Folha, Strauss-Kahn nega acusação de abuso sexual, diz advogado.

No NY Times, Arrest Throws France Into Disarray and Disbelief.

2 comentários:

Kleber S. disse...

O no' da coisa toda esta' na capacidade de a acusacao demonstrar pressa em deixar o hotel. Esquecer o celular e "outros objetos pessoais" nao-identificados nao ajuda nada. Caso ele tivesse reserva para uma estada mais longa entao nao tem o que salve.

Abracao

Drunkeynesian disse...

Você tem razão... mas acho que o primeiro impacto do escândalo vai ser difícil de ser revertido.